Congresso Paranaense de Biomedicina, I Congresso de Biomedicina Estética do Paraná, I Simpósio de Ciências Forenses e Laboratoriais, I Encontro das Mulheres Biomédicas

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

COLAGENO– A PROTEINA DO CORPO

Palavras-Chave

Colágeno. Reposição de colágeno. Colágeno Verisol®

Fundamentação/Introdução

Correspondendo a cerca de 80% do peso seco da pele, o colágeno é o seu maior componente estrutural, sendo um componente natural, responsável por proporcionar sua firmeza. Com o processo natural de envelhecimento, sabe-se que este importante órgão é afetado por fatores intrínsecos (determinados pela genética) influenciando na diminuição da produção de colágeno, elastina e proteínas que dão firmeza/elasticidade a pele. Já os fatores extrínsecos, que ocorrem através dos produtos químicos (poluição e exposição excessiva ao sol), aceleram o envelhecimento da pele.Cerca de 90% da radiação ultravioleta solar (UV) é constituída de UVA, por apresentar um comprimento de onda maior, pode penetrar até a derme, podendo desta forma causar necrose (danos aos vasos de pequeno calibre da região da pele). Modificações estruturais ao DNA estão relacionadas a 67% do melanoma maligno e acelera o processo de produção de radicais livres.

Objetivos

Com o passar dos anos, por fatores intrínsecos e extrínsecos, os níveis de colágeno vão diminuindo no organismo, o objetivo deste trabalho foi reunir informações sobre a reposição do colágeno, sendo ele, colágeno Verisol® por via oral e seus benefícios.

Delineamento e Métodos

Para isso, foi realizada uma revisão bibliográfica com as palavras chaves: colágeno, reposição de colágeno, colágeno Verisol®, nas bases de dados Pub Med, Scielo e em artigos publicados.

Resultados

O colágeno inicia sua diminuição no organismo, a partir dos 25 anos, que é quando o corpo passa a perder 1% da proteína ao ano. O colágeno Verisol® é o único que apresenta comprovação que consegue desacelerar o processo de envelhecimento. Por possuírem peptídeos bioativos de colágeno, estes possuem peptídeos específicos e otimizados para cada tipo de necessidade. Esses peptídeos são reconhecidos pelas células dos fibroblastos na camada dérmica da pele como fragmentos de colágeno, assim estimulam o aumento do metabolismo do colágeno, neutralizando a falsa degradação da proteína na derme. Realizando assim com uma ingesta diária de 2,5g, uma melhor aparência da pele, maior elasticidade da pele, uma redução nas rugas, melhora na estrutura da superfície da pele, redução da celulite, também promovendo um crescimento saudável das unhas.

Conclusões/Considerações finais

Por ser a proteína mais abundante do nosso organismo, sua reposição é de extrema importância. Por possuir comprovação,o colágeno Verisol® é o mais indicado, possuindo benefícios fisiológicos para a pele,estimular diferentes vias envolvidas na biossíntese de colágeno tipo 1.

Área

Tema livre

Autores

RENATA VIACELLI BIOLCHI